Todos já sabem



Escrito e dirigido por Asghar Farhadi, o filme "Todos já sabem" (Todos lo saben) marca a estreia do aclamado cineasta iraniano à frente de uma produção de língua espanhola. Estrelado por Javier Bardem, Penélope Cruz e Ricardo Darín, o longa narra a história de segredos revelados, tendo como estopim uma tragédia familiar: o sequestro de uma jovem.


Escolhido para a abertura oficial do Festival de Cannes 2018, o filme foi bastante criticado pela imprensa especializada. O motivo alegado: as situações do roteiro pareciam óbvias demais e as atuações resultaram um tanto caricatas. Tudo muito decepcionante tendo em vista o talento inegável do elenco espanhol e do próprio cineasta. É bom lembrar que Asghar, responsável por obras primas do cinema iraniano como "Procurando Elly" (2009) e "O passado" (2014), foi vencedor de dois Oscars de melhor filme estrangeiro por "O apartamento" (2017) e "A separação" (2012), este último também sendo indicado ao Oscar de melhor roteiro original. 


Ainda que "Todos já sabem" não tenha a mesma força das demais obras do cineasta iraniano, continua sendo um bom filme. Narra a história de Laura (Penélope Cruz), que chega de Buenos Aires, com os filhos, a um vilarejo às proximidades de Madrid para prestigiar a cerimônia de casamento de sua irmã Ana (Inma Cuesta). Lá ela reencontra parentes e um antigo amor, Paco (Javier Bardem), que se tornou um próspero produtor de vinho e casou-se com Bea (Bárbara Lennie).

Durante a festa de casamento ocorre o sequestro de Irene (Carla Campra). O fato perturba toda a família obrigando Alejandro (Ricardo Darín), atual esposo de Laura, a viajar para a Espanha. Começa então uma corrida contra o tempo para conseguir o dinheiro do resgate, ao mesmo tempo que aumentam os conflitos familiares, revelando desconfianças, mágoas e segredos. Entretanto, como o próprio título do filme sugere, nem tudo é tão oculto como se poderia imaginar.


Realmente, alguns diálogos entre os personagens centrais chegam a nos lembrar de dramalhões de novelas mexicanas. Penélope Cruz não parece estar muito à vontade no papel, assim como  Darín cujo personagem é quase irreal. Mesmo assim, o ator realiza um bom trabalho, apesar de Bardem dominar toda a trama. 

O final não chega a ser surpreendente e é revelado muito cedo, causando certa frustração para os fãs da cinematografia de Asghar. Entretanto, podemos perceber o toque do cineasta iraniano, principalmente nas cenas finais, no jogo de olhares e no suspense sobre o futuro dos personagens. Com uma bela fotografia de José Luis Alcaine, parceiro de Almodovar em "A Pele em que habito", o filme continua sendo uma boa opção de entretenimento. Vale a pena conferir.

 Elisabete Estumano Freire





Todos já sabem (Todos lo Saben)

Ficha técnica
Diretor: Asghar Farhadi
Roteirista: Asghar Farhadi
Elenco: Penélope Cruz, Javier Bardem, Ricardo Darín, Eduard Fernández, Bárbara Lennie, Inma Cuesta, Elvira Mínguez, Sara Sálamo, Roger Casamajor, José Ángel Egido
Duração: 132 minutos
Classificação indicativa: a definir
Gênero: Drama




Similar Videos

0 comentários: