Moonlight - Sob a luz do luar (2017)


O filme vencedor do Oscar 2017, roteirizado e dirigido por Barry Jenkins, conta a história de Chiron, um garoto afro-descendente que vive em Liberty City, bairro pobre do subúrbio de Miami, nos EUA, na década de 1980. Filho de uma mãe solteira e viciada em crack (Naomi Harris), ele sofre constante bullying por não se sentir igual aos demais garotos do bairro, sendo perseguido e maltratado.

Adaptado do livro homônimo de Tarell Alvin McCraney, o longa é dividido em três grandes atos, apresentando a vida de Chiron na infância (Alex Hibbert), adolescência (Ashton Sanders) e na fase adulta (Trevante Rhodes). A narrativa apresenta a trajetória de um menino que, ao descobrir-se gay e tendo que conviver com a violência e as drogas, torna-se um poderoso traficante.  

Durante uma fuga, “Little”, como é chamado pelos colegas do bairro, recebe a ajuda de um traficante de entorpecentes, o cubano Juan (Maheshala Ali), que ironicamente irá se tornar a figura paterna na vida do menino.  Negligenciado por sua mãe, já adolescente aprende que precisa vencer o medo para sobreviver numa sociedade homofóbica, ainda que tenha que enfrentar a hipocrisia e a dor, ao revelar seu desejo. 

Nesse processo, para se proteger, Chiron ou “Black” constrói uma nova imagem, negando sua sexualidade até a maturidade. Por outro lado, seu melhor amigo de infância Kevin (Jaden Piner/Jharel Jerome/André Holland) encontra um novo caminho. Retrato da realidade, a narrativa trabalha as contradições, traições, decepções e a luta pela sobrevivência, entre a aparência e a essência, convivendo num ambiente hostil e de grande violência.

Os atores principais, desconhecidos do grande público, são o grande trunfo do filme, com ótimas atuações, além do elenco de apoio. A fotografia é trabalhada destacando o tom de pele negra, sempre em tons suaves, com um brilho azulado. A câmera é ágil, acompanhando a dinâmica dos personagens, em suas diferentes fases, explorando sempre a subjetividade e a carga dramática do protagonista.  

Com grande poesia e sensibilidade, o filme mostra a jornada de um menino na descoberta de si mesmo. Moonlight aprofunda a complexidade das relações humanas, indo além dos estereótipos e clichês, criando empatia. Não é um filme panfletário, cheio de ação ou cenas chocantes. Nem é preciso viver a realidade de Chiron para entender seu drama e sua solidão.

O filme foi alvo de uma confusão na Cerimônia de entrega do Oscar 2017, quando os apresentadores Warren Beatty e Faye Dunaway chamaram ao palco os produtores de “La La Land” para receberem o prêmio de melhor filme. Após a revelação de que os envelopes foram trocados, que criou uma saia justa para os organizadores do evento, a produção e o elenco de "Moonlight" subiram ao palco para receber o prêmio. Oscar merecidíssimo.


Tarell Alvin McCraney e o diretor Barry Jenkins

Elisabete Estumano Freire.



-----------------------------------------
Moonligh: Sob a luz do luar (2017)

Título original: Moonlight
Duração: 1h51min.
Direção: Barry jenkins
Roteiro: Barry Jenkins, Tarell Alvin McCraney
Estrelando: Mahershala Ali, Naomi Harris, Shariff Earp, Duan Sanderson, Janelle Monae,



Categories:
Similar Videos

0 comentários: